O que fazer São Vicente, no litoral de SP

Aproveite o verão e conheça São Vicente, na Baixada Santista.

Durante a estação, a cidade atrai jovens e amantes de esportes náuticos. Há bons lugares para comer e conhecer.
A cidade de São Vicente, na Baixada Santista, fica a aproximadamente 76 km da capital e é um dos destinos procurados pelos paulistas em finais de semana ensolarados por causa das praia e suas diversas atrações turísticas.

O aniversário da cidade é 22 de janeiro, sendo a primeira vila fundada pelos portugueses na América abriga hoje uma população de mais de 330 mil habitantes.
O forte do turismo local são as praias, entre elas sossegada Praia dos Milionários, próxima a Ilha Porchat, e a Praia do Gonzaguinha, ideal para quem curte esportes náuticos como iatismo, windsurf e jet ski.

Voo livre na praia de São Vicente - SP

E ainda os amantes de aventuras devem passar pelo Morro da Asa Delta de onde é possível ter uma das melhores vistas da Baixada Santista, vendo ao mesmo tempo São Vicente, Santos, Guarujá, Praia Grande e Cubatão.

Fora das praias, mas não distante delas, o turista não pode deixar conhecer a Biquinha de Anchieta, local onde o jesuíta bebia água e catequizava índios e que também foi a fonte de abastecimento de água de São Vicente durante séculos. É ali também onde o visitante encontra um tradicional ponto de venda de doces na cidade.

O cartão postal do município fica a cargo da Ponte Pênsil, a primeira do gênero construída no País. Inaugurada em 1914, é tombada como patrimônio histórico e foi fundamental para o desenvolvimento econômico local.

-- As melhores praias de SP para ir com crianças

Confira algumas atrações que não podem ficar de fora em uma visita a São Vicente:

Encenação de São Vicente

Considerada o maior espetáculo em areia de praia do mundo, a Encenação da Fundação da Vila de São Vicente começou a acontecer em janeiro de 1982, feita na praia do Gonzaguinha, por voluntários que se reuniam para comemorar o aniversário da cidade.

Um dos grandes atrativos é a réplica da caravela do Descobrimento do Brasil, a “Espírito Santo”, uma das seis em atividade no mundo.

Biquinha

Datada de 1553, a Biquinha de Anchieta foi uma das principais fontes de água da população da cidade durante séculos.

Os azulejos azuis trabalhados a mão são relíquias históricas do local. Foi lá que o famoso padre jesuíta bebia água e catequizava índios. Além da bica, a praça conta com uma estátua do padre em tamanho natural e boxes onde são vendidos os mais tradicionais doces da cidade.


Litoral sul de São Paulo
Praia do Gonzaguinha

Em 800 metros de extensão, a Praia do Gonzaguinha fica entre o Marco Padrão e a Praia dos Milionários. A praia é muito procurada pelos praticantes de esportes náuticos, como iatismo, windsurf, esqui aquático e jet ski. 

Para aqueles que querem relaxar a beira do mar, há quiosques instalados ao longo do calçadão, onde há também árvores, bancos e deque de madeira para acesso à areia, além de uma ciclovia em fase de conclusão.
Ali também há um píer, onde no verão saem passeios diários de escuna pela baía de São Vicente, ilhas e imediações. À direta da praia, junto à Biquinha de Anchieta, é onde, todos os anos, artistas fazem a Encenação da Fundação da Vila de São Vicente.

-- Roteiro nas praias de São Vicente e Praia Grande

Marco Padrão

Inaugurado em 1933, o monumento marca a comemoração dos 400 anos da Fundação de São Vicente. Fica dentro de uma ilhota conhecida como Pedra do Mato, na Praia do Gonzaguinha, também próximo à Biquinha de Anchieta.

Ponte Pênsil

O cartão-postal número um de São Vicente é a Ponte Pênsil, primeira do tipo construída no Brasil. Tombada como patrimônio histórico, a ponte foi inaugurada em 21 de maio de 1914, revelando-se fundamental no desenvolvimento da região. A ponte ainda mantém parte do material original utilizado na obra, vindo da Alemanha, como os cabos de aço.

Morro da Asa Delta

Descoberto pelos praticantes de vôo-livre, o Morro da Asa Delta, chamado também de Itararé ou Voturuá, tem seu ponto mais alto a 180 metros do nível do mar e proporciona uma das mais belas vistas da Baixada, permitindo a visão de São Vicente, Santos, Guarujá, Praia Grande e Cubatão. 

O acesso é feito pela divisa entre a cidade e Santos, a partir da subida do Morro do José Menino. Também é possível chegar ao topo via teleférico, cuja base e venda de ingressos fica na Praia do Itararé.

Praia dos Milionários

A Praia dos Milionários tem 200 metros de extensão e está situada junto às pedras da Ilha Porchat. É a mais tranquila das praias do município. 

Sua beleza é realçada pelos rochedos à sua esquerda, que propiciam, além de um bom lugar para a pesca, uma bela vista da baía de São Vicente e da Ponte Pênsil. Na praia também é possível alugar barcos para passeios.

-- Melhores praias do litoral norte de SP

Praia do Itararé

Com 2.400 metros de extensão, a Praia do Itararé é a maior e uma das mais agitadas praias da cidade. 

É o principal local de concentração dos jovens durante o verão, principalmente por suas formações de ondas propícias à prática do surfe. Na orla, existem 46 quiosques, que comercializam petiscos e bebidas. 

No local, foi implementado um complexo de lazer, com calçadão, iluminação, playground e o primeiro jardim de praia com árvores de Mata Atlântica do Brasil. Lá funciona o Teleférico, que leva turistas para o alto do Morro da Asa Delta, de onde saltam os praticantes de voo livre.

***


Como chegar em São Vicente

Nenhum comentário