O que fazer em Piracaia-SP?

Piracaia é o paraíso do turismo ecológico. O turista pode fazer trilha, tomar banho de cachoeira e praticar esportes náuticos.
Se você gosta de fazer turismo ecológico, Piracaia é uma excelente dica. Ali é possível fazer trilha, tomar banho de cachoeira e comer muito bem – as trutas fazem a fama da cidade. Os entendidos dizem que o clima de montanha, mais fresco, favorece a criação deste peixe que é parente do salmão.   
O município fica praticamente colado à Capital, a 82 quilômetros de distância.  Cercada por enormes represas que integram o sistema Cantareira, a cidade oferece aos seus visitantes as pesca amadora e ecológica, além da prática de esportes náuticos. 

***

O que fazer em Piracaia, SP?

Parque Ecológico - Piracaia / SP -| Elias Gomes
Os praticantes de esportes radicais como rafting e boia-crros tem diversão garantida nas cachoeiras do Pião e Atibainha. Algumas cachoeiras estão encravadas na Mata Atlântica, o que se por um lado dificulta o acesso por outro garante a sua preservação.
Para quem gosta de caminhadas, a cidade tem vistas panorâmicas belíssimas a partir de picos que variam de 1.100 a 1.920 metros de altitude. Saindo do centrinho, por exemplo, você pode pegar a Rota do Atibainha. São 23 quilômetros de estradas pelo circuito das serras e das águas.
Bem no meio da Mata Atlântica, funciona a pousada Figueira Grande que tem todos os atributos de um refúgio ecológico. A mata preservada garante surpresas como ver e apreciar de perto raposas, beija-flores e frutas nativas.
Depois de se aventurar e curtir a natureza, a dica é conhecer o centro da cidade. A principal atração turística é o parque ecológico, que conta com lago, pista de Cooper, playground, quadra de areia, horto com viveiro de mudas, orquidário e lanchonete.
Em frente ao parque, existe a gruta de Nossa Senhora Aparecida, que foi inaugurada em 12 de outubro de 2004. Os religiosos ainda podem conhecer o Santo Cruzeiro, que fica no alto do morro. Para chegar lá, é necessário muito fôlego: subir uma escadaria com 590 degraus. Vale a pena. O conjunto de 14 metros é considerado o maior crucifixo do mundo e do alto pode se avistar toda a cidade.
A cidade, que tem pouco mais de 20 mil habitantes, tem outras atrações como a igreja matriz Santo Antônio da Cachoeira – é a segunda igreja no mundo que possui pinturas no teto de todos os papas da igreja católica desde São Pedro (a outra é a de São Paulo Apóstolo em Roma). O altar é todo decorado com 13 quilos de folhas de ouro.
Mais antiga e modesta, a igreja do Rosário foi construída em 1839 pelos escravos – por isso é dedicada a Nossa Senhora do Rosário dos Pretos e a São Benedito, santos de grande devoção dos escravos. O estilo colonial é semelhante aos antigos casarões dos coronéis da época do café.

Leia também: O que fazer em Atibaia, SP


Casa do Artesão "José Bonetti " - Piracaia / SP | Elias Gomes
Construída de acordo com os preceitos dos imóveis sustentáveis, a Casa do Artesão Antônio Bonetti tem telhado de madeira reciclável, composto por tubos de pasta de dente. Foi inaugurada em 2008, pelo Governo do Estado para abrigar exposições de artistas e produtos da região.
As construções antigas também são uma atração à parte da cidade. Fundada em 1914, a  escola estadual Coronel Thomas da Rocha Cunha foi tombada pelo patrimônio histórico do município, preservando muitas de suas características originais. Ainda em funcionamento, abriga salas de aula de primeiro grau.
Outro prédio histórico que atrai muitos turistas é onde funciona hoje o Centro Cultural Walter Puccinelli. Inaugurada em 1914, funciona como receptivo aos turistas interessados em saber mais detalhes das atrações da região.
Como chegar em Piracaia?

Na Marginal Tietê, pegue a saída para a Rodovia Presidente Dutra (BR-116). Na Rodovia Dutra, siga em direção à Rodovia Fernão Dias. Continue na Rodovia Fernão Dias e siga as placas para Piracaia. Em Piracaia, siga reto até o portal da cidade.

Nenhum comentário