Águas de São Pedro, uma cidade turística em SP

Se você procura paz e tranquilidade e uma cidade diferente para conhecer no interior de SP em viagem curta no final de semana, vá até Águas de São Pedro. 

Localizada a 180 km da capital, a cidade turística tem apenas 3,9 km quadrados, o que lhe rende o título de uma das menores cidade do BrasilAli não existe indústria e nem zona rural. A cidade tem sua economia voltada exclusivamente ao turismo
Aqueles que gostam de temperaturas amenas farão gosto em visitar Águas de São Pedro, que tem um verão ligeiramente quente, girando em torno de 28ºC e um inverno por volta dos 8ºC, com dias ensolarados e noites frescas. E como toda cidade que tem características medicinais, além das águas, a altitude ideal por lá, 470 metros acima do nível do mar, é indicada tanto pra hipertensos como para quem tem pressão baixa.

***

O que fazer em Águas de São Pedro?

Cidade turística e estância hidromineral do interior de SP | Ken Chu
No Parque Municipal Dr. Octavio Moura Andrade, o visitante pode praticar o arborismo, atividade realizada em um circuito composto por 13 diferentes obstáculos montados próximos a copa das árvores à uma altura que varia entre 13 e 20 metros, além de uma tirolesa no meio do circuito. Para quem gosta de um pouco de aventura e quer aliviar ao estresse, essa prática reúne atividade física em um ambiente aberto ao ar livre, que juntos proporcionam o aumento da resistência física, lazer e redução do estresse.
Quem visita a cidade em busca de relaxamento, tratamento estético e cura através das águas medicinais, precisa conhecer o Balneário Municipal Dr. Octavio Moura Andrade, que tem entrada franca. 

A água da cidade é a segunda em teor de enxofre do mundo, ficando atrás apenas de Tabiano, na Itália. Águas de São Pedro possui três fontes.

O banho principal é o de imersão com a Água da Juventude (água sulfurosa), realizado em banheiras individuais com box privativo, e dura de 15 a 20 min. Além do banho medicinal, há diversos banhos alternativos (relaxante, esfoliante, aromatizante, estimulante, terapeuticos, entre outros), que duram de 20 a 25 min. 

A fonte Gioconda é procurada por aqueles que querem combater males do fígado, vesícula biliar e falta de acidez gástrica, enquanto a Fonte Almeida Sales é indicada para azia, gastrite, cálculos renais, diabetes e facilitar a digestão.

Para completar os tratamentos de saúde e bem estar, tem também sauna, massagens, estética e a degustação das águas está disponível a todos.

Além disso, como em toda pequena cidade do interior, o turista não pode deixar de conhecer a Igreja Matriz Imaculada Conceição, que é o marco zero do Caminho do Sol e guarda em seu interior duas imagens de Santiago.
O Caminho do Sol nasceu com o objetivo de oferecer aos amantes de caminhadas, um ambiente agradável, passando em sua quase totalidade, somente por áreas rurais, em busca de relaxamento e sossego. 

O Caminho do Sol, começa em Santana do Parnaíba, passando por Pirapora do Bom Jesus, Cabreúva, Itú, Indaiatuba, Salto, Elias Fausto, Capivari, Mombuca, Saltinho, Piracicaba, São Pedro, terminando em Águas de São Pedro. Com extensão aproximada de 240 km, os participantes tem a oportunidade de vivenciar a natureza, os campos e a raízes culturais e históricas da região.

Outro ponto turístico é o Grande Hotel São Pedro, considerado o marco inicial da cidade. Inaugurado em 1940, o Grande Hotel São Pedro foi projetado para abrigar pessoas que buscam repouso. A linha arquitetônica art déco foi preservada, mantendo a decoração clássica de meados do século XX.

Para quem faz a viagem com os filhos pequenos, um dos lugares legais para viajar com crianças no interior de SP é o Thermas Water Park. A criançada vai se encantar e divertir nas 11 piscinas, toboáguas e áreas de lazer. O local ainda oferece uma variada programação recreativa. 
Para quem quer curtir a natureza e respirar o ar puro de uma cidade típica do interior, outras dicas são o Parque das Águas (com 64 mil metros quadrados de jardins, gramados, pistas de cooper, pista de skate no interior de SP e ciclovias maneiras), o mini horto (onde você encontrará um lago com criação de carpas de várias cores, cascata artificial, lago das tartarugas e bosque com espécies variadas de árvores e flores)e o mini pantanal (área de manguezal às margens do Rio Araquá, que tem lagoa com jacarés, capivaras e aves aquáticas e um pequeno mirante de onde se podem avistar diversas espécies de aves como patos do mato, marrecos e gansos).

*

Como chegar em Águas de São Pedro?



O acesso pode ser feito de carro, partindo de São Paulo pela rodovia Anhanguera sentido Americana. Depois siga pela Rodovia Luiz de Queiroz sentido Piracicaba. Também pode ser feito pela Rodovia dos Bandeirantes (SP 348) ou Rodovia Washington Luís (SP 310).

Nenhum comentário